quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Deputado Edmilson é de luta!

Edmilson cobra explicações sobre a redução da taxa mineral

O deputado estadual Edmilson Rodrigues (PSOL) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) nesta quarta-feira, 31, para debater e questionar a redução da taxa mineral, resultado de acordo entre o Governo do Estado e a mineradora Vale. Segundo destacou o líder do PSOL, a redução da taxa foi anunciada a poucos dias do segundo turno das eleições e significa que o governo estará abrindo mão de mais de R$ 500 milhões de arrecadação por ano. “É preciso que o governador explique que cálculo matemático foi feito para se chegar a uma redução de dois terços do valor da taxa mineral”, enfatizou Edmilson, que protocolou um requerimento, solicitando explicações ao Governo do Estado, com a demonstração, inclusive, da planilha de cálculo que ensejou na redução da taxa. Segundo informações constantes no site da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração – SEICON, o governo Jatene reduziu a um terço a taxa sobre a produção da Vale, em um acordo com a mineradora para receber o tributo que não estava sendo pago. A cobrança para fiscalização dos recursos minerais, criada neste ano pelo Estado paraense, passou de 6,9 reais para 2,3 reais por tonelada de minério. A Vale produziu de julho a setembro 27,6 milhões de toneladas de minério de ferro em Carajás. A arrecadação do Estado com a taxa deve ser reduzida para 330 milhões de reais em 2013. Para 2012, a previsão inicial era arrecadar 930 milhões de reais, antes do acordo. Edmilson ressaltou, ainda, que a taxa mineral é um dispositivo constitucional e legítimo e que ainda veio com enorme atraso, depois de décadas de saque às riquezas minerais do Estado do Pará. Em todos os debates feitos sobre o assunto na Alepa, Edmilson sempre alertou os demais deputados que “não é possível passar um “cheque em branco” para os governantes de plantão, autorizando, sem anuência prévia do Poder Legislativo, que se alterasse o valor da taxa, como agora veio a acontecer em meio a uma negociação cercada de pontos lacunosos, para dizer o mínimo”.

CRIADA A UNIFESSPA

Nesta quarta-feira (31), foi aprovado, na Comissão de Finanças e Tributação, o projeto de iniciativa do Executivo que cria a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará - UNIFESSPA.
O relator da proposição, deputado federal Cláudio Puty (PT-PA) comemorou a votação: “A UNIFESSPA será criada por meio de um desmembramento da Universidade Federal do Pará, onde sou professor. Esta nova instituição de ensino ficará na região de Carajás, em um local muito importante para o estado, pois cresce muito e precisa desenvolvimento em pesquisa e extensão para poder acompanhar a dinâmica econômica que não espera”.
No relatório de Puty foi acrescentado o núcleo de Parauapebas, além do campus de Marabá que constava no projeto original, para integrar a nova universidade. Foram criados, ainda, os campi de Rondon do Pará, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu e Xinguara.
Para compor o quadro de pessoal da nova Universidade, propõe-se redistribuir cargos vagos e ocupados do quadro de pessoal da UFPA, além da criação de 1.101 cargos, sendo: 506 cargos de Professor do Magistério Superior, 238 cargos Técnico-administrativos em Educação, de nível superior e 357 de nível intermediário.
A UNIFESSPA faz parte do ciclo de expansão do ensino superior proposto pelo governo federal.
 bLOG DO pUTY
=========================
 
Um sonho de todos nós agora realizado!

=========================

O leitor Marcos postou  mensagem  sobre sensacionalismo do poster ao anunciar a criação da Unifesspa.
Todos sabem que a criação da Unifesspa passa por várias etapas. Inclusive na  matéria do site do campus de Marabá em 17 de agosto de 2011, já informava sobre o fato.

Governo federal anuncia a criação da UNIFESSPA

O governo federal anunciou ontem, 16 de agosto, a criação de quatro novas universidades federais e de 47 campi universitários em todo o país. Entre as Universidades criadas, está a UNIFESSPA (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará), cujo projeto foi entregue ao então presidente Lula em início de 2010. Essa iniciativa fortalece o ensino superior no interior da Amazônia e reforça as expectativas de ampliar a produção de conhecimento acerca da realidade regional e promover ações visando a superação de problemas específicos desta região. O projeto agora deve ser enviado para o Congresso Nacional, onde será submetido a apreciação. A expectativa é de que a UNIFESSPA entre em funcionamento no prazo máximo de três anos. Maiores informações em http://www.portal.ufpa.br/imprensa/noticia.php?cod=4879

 No entanto, o tal Marcos insiste em tenar desvirtuar a informação acima sobre a aprovação do PROJETO QUE CRIA A UNIFESSPA, pela Comissão fionaças e Tributação da Câmara dos Deputados.

ô marquito!!! ô marquito!!!

 

AGROATINS seleciona!

 A empresa AGROATINS, esta selecionando curriculos de profissionais com formação: Téc. Agropecuaria, Agricola, Meio Ambiente, Enfermagem, Engenheiro Agronomo, Zootecnista, Veterinario, Eng. Ambiental, Florestal, Pedagogo(a), Assistente Social, Sociologo(a). Interessados nas demais informações, enviar um e-mail para: agroatins@gmail.com

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Depois de 20 anos de cassado, Nagib retorna a prefeitura!

De posse de uma declaração assinada pelo vice-prefeito Nagilson Amoury (PRB), desistindo de assumir a vacância do cargo de prefeito de Marabá, alegando problemas psicológicos e familiares, o juiz de Direito César Lins notificou, às 15h15, o presidente da Câmara de Marabá, Nagib Mutra Neto (PMDB), a substituir o prefeito afastado, Maurino Magalhães.


Nagib já asinou a notificação e aguarda apenas a Câmara Municipal empossá-lo no cargo.


 

PRESIDENTE DA CÂMARA DE MARABÁ/PA NAGIB MUTRAN NETO, ASSUME PREFEITURA
Imagem: Folha do Pará
 
È bom lembrar que há 20 anos atrás Nagib Mutran Neto, então prefeito de Marabá era cassado pela câmara.  Os vereadores tiveram que sair pelos fundos após a cassação. Dos atuais, apenas Miguelito, Vanda e Julia Rosa  ainda continuam como vereadores, os mesmos que votaram afavor da cassação naquele fatídico mês de novembro de 1992. Nagib não conseguiu fazer o sucessor (Plinio Pinheiro) e ainda teve que amargar a perda dos seus direitos políticos.

PREFEITO MAURINO É AFASTADO!

Foi determinado hoje o afastamento do prefeito não reeleito MAUrino Magalhães (PR) que também é da base de apioo do Governo Dilma (PT).

No Quaradouro
Ainda por conta da situação calamitosa do Hospital Municipal, o juiz César Lins, respondendo pela 3ª Vara Cível, determinou hoje o imediato afastamento e bloqueio dos bens do prefeito Maurino Magalhães (PR) e do secretário municipal de Saúde, Nilson da Costa da Piedade. Ambos são acusados de desvio de recursos da Saúde. Agora, a Câmara Municipal será notificada para dar posse ao vice-prefeito Nagilson Amoury. Uma fonte levantou a possibilidade de Amoury recusar-se à ocupação do cargo e até mesmo pela própria renúncia. Observadores políticos, de outro lado, consideram que a provid... mais »

Cassar agora?

O que significa cassar o prefeito MAUrino Magalhães (PR) no final de mandato? Apenas de fato cassar os direitos políticos!

Passaram quase 4 anos e os vereadores não tomaram uma postura com relação ao caos instalado na cidade. Cassá-lo agora, simplemente não resolveria os problemas criado por ele e pelo seu governo. No entanto, se o objetivo é evitar que ele continue na vida pública e com mandatos a partir de 2014, cassar seria de fato um ato de justiça. Evitando assim que ele retorne a algum cargo eletivo.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Professora é demitida em Imperatriz por denunciar escola precária

Professora é demitida após divulgar fotos de escola alagada em Imperatriz

Imagens mostram alunos realizando prova segurando guarda-chuvas.
Secretário municipal disse que professora procedeu de forma errada.

Fernanda LibérioDo G1 MA

Chão de sala de aula ficou alagado após chuva (Foto: Uiliene Santa Rosa)Chão da sala de aula ficou alagado após chuva
(Foto: Uiliene Araújo/Arquivo Pessoal)
A divulgação em redes sociais de fotos que mostram alunos fazendo prova embaixo de guarda-chuvas causou a demissão de uma professora do ensino municipal de Imperatriz (MA). As imagens causaram impacto e o caso ganhou repercussão na cidade. O secretário municipal de Educação, Zeziel Ribeiro da Silva, disse que a medida foi tomada porque a professora procedeu de forma errada. A reportagem foi sugerida por um internauta através do VC no G1 .
Uiliene Araújo Santa Rosa, de 24 anos, foi afastada e teve seu contrato com a Prefeitura Municipal de Imperatriz encerrado nesta sexta-feira (26), após a publicação das fotos que mostravam uma sala de aula do Colégio Municipalizado Guilherme Dourado. Nas imagens é possível ver os alunos se protegendo com guarda-chuvas, além do chão da sala de aula alagado e buracos no telhado da instituição. De acordo com a professora, a intenção ao publicar as imagens era chamar a atenção para os problemas da rede municipal. “Não identifiquei o nome do colégio ou de qualquer funcionário da instituição, mas publiquei as fotos em meu perfil pessoal, pois acredito que não se deve ficar de braços cruzados diante de uma situação assim”, falou ao G1.
Acredito na liberdade de expressão e em formar alunos com uma visão crítica, que não se conformem com as coisas do jeito que elas estão.
Uiliene Araújo
Após a publicação das fotos, Uiliene conta que percebeu que os colegas a tratavam de forma diferente. “Quando voltamos do feriado, percebi que os funcionários me olhavam de uma forma diferente e já não falavam comigo. Era por causa das fotos. Então começaram a boicotar minhas aulas. Não liberavam data-show ou televisão para que eu trouxesse material para os meus alunos, coisa que faziam para os outros professores”, afirmou ela.
Na mesma semana em que as imagens foram divulgadas, a professora conta que a Secretaria de Educação providenciou reparos imediatos no telhado da escola. No dia 25 deste mês, no entanto, Uiliene foi afastada de seu cargo na unidade Guilherme Dourado e na sexta-feira (26), a professora recebeu um comunicado que anunciava o encerramento de seu contrato com a Prefeitura Municipal de Imperatriz por atos de conduta incabível.
“Fui punida pela publicação das fotos e isso não é justo. É o tipo de coisa que acontecia na época da ditadura, mas estamos em uma democracia, não é? Ela [a diretora] não está agindo como uma gestora. Está tratando a escola como propriedade privada, mas a escola é de propriedade pública, é do município. Acredito na liberdade de expressão e em formar alunos com uma visão crítica, que não se conformem com as coisas do jeito que elas estão. Cresci vendo meu pai e meus professores reivindicando os direitos de educação e aprendi a dar valor a ela, então não poderia ficar de braços cruzados frente a essa situação”, relatou a professora.
Após chuva, sala de aula das escola municipal Guilherme Dourado ficou alagada e alunos tiveram que se proteger com guarda-chuvas (Foto: Uiliene Santa Rosa)Após chuva, sala de aula do Colégio Municipalizado Guilherme Dourado ficou alagada e alunos tiveram que se proteger com guarda-chuvas (Foto: Uiliene Araújo/Arquivo Pessoal)
Uiliene, que se formou no ano passado, começará a dar aulas no ensino superior, mas não pretende abandonar a luta pela valorização da educação fundamental. “Passarei a dar aula para o ensino superior, mas já dei aulas em várias escolas municipais desde a época da faculdade e sei o estado delas. Tenho um filho pequeno e fico pensando, será em um colégio como esse que ele terá que estudar?”, pergunta a jovem.
RepercussãoPublicadas em seu perfil pessoal no Facebook, as quatro fotos que mostram o estado da sala de aula do Colégio Municipalizado Guilherme Dourado já contam com quase 200 compartilhamentos e diversos comentários em apoio à professora e indignação diante da estrutura e atitude da unidade.
Em contato com o G1, o secretário municipal de Educação, Zeziel Ribeiro da Silva, confirmou a demissão da professora. De acordo com ele, Uiliene Araújo Santa Rosa é seletivada e seu contrato foi rescindido após a postagem da situação da escola nas redes sociais. O secretário afirmou que o episódio foi isolado e que a escola, que fica no parque São José, um bairro da periferia de Imperatriz, tem um dos melhores prédios entre as municipalizadas da cidade.
Ainda segundo o secretário, uma ventania ocorrida logo após a eleição destelhou a sala mostrada nas imagens e que no dia em que as fotos foram tiradas uma prova seria realizada, mas que a professora poderia ter evitado a situação. Zeziel alegou que em nenhum momento a professora procurou a direção da escola ou mesmo a Secretaria de Educação para denunciar o caso. Ele afirmou, ainda, que a demissão foi comunicada ao prefeito Sebastião Madeira, que autorizou o procedimento.
O secretário alegou que problemas internos não deveriam ser tratados em redes sociais e que a funcionária, efetivada há quatro meses, procedeu de forma errada. Ele afirma que não há perseguição contra a professora e que a medida administrativa também seria tomada em relação a outro funcionário que cometesse o erro.
Para ler mais notícias do Maranhão, clique em g1.globo.com/ma .

Governo do João: PT na Semed!

A luta do PMDB pela secretaria de obras continua, Nagib Mutran não arreda o pé! mais João não quer!!!

Para a secretaria de educação ( SEMED) alguns nomes foram cogitados: Professor Orlando (PDT), Floripes do Amaral, Pedro Souza. No entanto, se depender da tendência PT pra Valer o nome "certo" será Luiz Regasson Bressan - VEJA AQUI

=================================

Ataulaização:

Gilson Dias (PPS) presidente do Diretório Municipal do PPS está bem cotado para assumir a chefia de gabinete. Foi um dos coordenadores da campnha, abrindo mão de se candidatar a uma vaga na câmara, para dedicar intensivamente a campanha majoritária.

sábado, 27 de outubro de 2012

Dia do Servidor Público

DIA 28 DE OUTUBRO!
Quero parabenizar todos os servidores públicos que se dedicam a uma das mais honrosas e indispensáveis atividades que é servir a população com profissionalismo.

RIBAMAR
DIA 28 DE OUTUBRO!
Quero parabenizar todos os servidores públicos que se @[100002332212796:2048:de]dicam a uma das mais honrosas e indispensáveis atividades que é servir a população com profissionalismo.

RIBAMAR

Ciclo de Seminários sobre controle da politica educacional

1° Ciclo de Seminários: participação e controle da política educacinal no estado do Pará.
O evento será realizado em Belém, Santarém e Marabá.
Mais informações em breve no site da www.unipop.org.br


sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Em defesa dos Guaranis!

 Estudo denuncia produção de soja e cana em terras indígenas
Relatório detalha cadeias produtivas no Mato Grosso do Sul e aponta impactos da expansão do plantio. Documento ajuda no debate sobre responsabilidade de empresas nos conflitos envolvendo fazendeiros.

Baixe o estudo na íntegra em arquivo tipo PDF Veja galeria de fotos das aldeias afetadas

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Verde para sempre!

Há alguns dias, o Greenpeace sobrevoou o entorno da Reserva Extrativista Verde para Sempre e encontrou pilhas de árvores no chão, caminhões e balsas cheias de madeira. A área é protegida e reservada para populações tradicionais do Pará, mas vem sendo constantemente pressionada por madeireiros que querem explorar comercialmente a unidade de conservação.
Uma denúncia foi entregue ao Ministério Público e ao Ministério do Meio Ambiente pedindo a investigação sobre a retirada de madeira da região. Você pode se juntar a nós e ajudar a proteger nossas florestas assinando a petição pelo Desmatamento Zero.

MARIA RIBEIRO PODE SER CASSADA!

Justiça Eleitoral acatou ação contra Prefeita eleita de Palestina do Pará - Maria Ribeiro/PSDB por captação ilicita de sufrágio, ou seja, compra de votos, determinando portanto a notificação imediata da mesma. Mas o caso é bastante colplicado. Vejam:
Justiça Eleitoral acatou ação contra Prefeita eleita de Palestina do Pará - Maria Ribeiro/PSDB por captação ilicita de sufrágio, ou seja, compra de votos, determinando portanto a notificação imediata da mesma. Mas o caso é bastante. Vejam:
FONTE FACE DO SEZOSTRYS 

Nonato Dourado vereador?

Recebi por e-mail questionamento de Leonardo da Silva Brito (Licenciado em Matemática) sobre os cálculos do quociente eleitoral, a partir da postagem que questionava o pedido do PMN.
O blog só discorda no momento da afirmação de que Nonato não assumiria. Pelos cálculos do Professor Francisco Macedo, a irmã Nazaré (PSDB) não assumiria, em vez da vereadora irismar (PR) como segue no pedido do PMN.
mas para que todos possam tirar a duvida sobre os procedimentos dos novos calculos realizados pelo senhor Leonardo, publicamos abaixo sua mensagem e um link dando acesso a informação.
 
--------------
 
Ainda na semana passada, li sua postagem: "NOVO CÁLCULO APONTA PARA IRMÃ NAZARÉ", de fato, com a anulação dos votos do candidato Ântonio da Ótica, ela perderia a cadeira no legislativo marabaense, no entanto, discordo do exposto quando se afirma que o candidato Nonato Dourado não assumiria a vaga. Verificando os cálculos realizados pelo cintista político, detectei alguns erros, assim, refiz os contas e conclui que Nonato seria eleito dentro deste novo cenário.

Os calculos estão neste link

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Nos bastidores do poder!

1º - A secretaria municipal de Educação está sendo disputada pelo PT e PPS. Porém, a Escola Rio Tocantins - CAIC poderá ser prestigiada com a nomeação da futura secretária;
2º - Saúde, onde é o maior gargalo da atual administração também é ventilada ao PPS. No entanto, um médico filho de um ex-prefeito já foi sondado;
3º- A galinha dos "ovos de ouro" a ser presenteada nesta constituição do novo governo é a secretaria de obras, onde a disputa será dura e somente com muita habilidade do novo prefeito para poder nomear alguem de sua extrema confiança. Pois, o PMDB já disse que não abre mão! e o vereador Nagib Mutran Neto cacifado por ser o mais votado requer o cargo;
4º - O PV não elegeu nenhum vereador, mais estava na coligação que ajudou a eleger a vereadora Julia (PDT) e Gerson do Badeco (PHS), e ainda desfez de uma candidatura própria para constituir a tal da terceira Via. Portanto, seu desejo é a secretaria de saúde;
5º- João sabe que o PPS não pode ser guloso, vai ter que ter muito jogo de cintura e abrir mão de algumas, se quiser manter a maioria na câmara, ou no minímo eleger o presidente daqueal casa  de leis;

Operação Mar de Lama põe ex-secretário na cadeia!


 
Na manhã desta terça-feira (23), o Ministério Público Estadual deflagrou a operação “Mar de Lama” que resultou na prisão do ex-secretário de obras de Marabá, Lucídio Colinetti e do empresário Marcelo Fronzack, dono de uma piçarreira.
As prisões são desdobramentos da operação “Caçamba fantasma”, deflagrada em abril deste ano e que investigava suposto desvio de piçarra sendo que o empresário Marcelo Fronzack teria se beneficiado e recebido pelo menos R$ 20 milhões indevidamente.
Pesa contra o ex-secretário de obras, o provável envolvimento em licitações das quais ele teria se beneficiado e enriquecimento ilícito. Ele participou das últimas quatro administrações municipais.
As prisões foram coordenadas pelo delegado Álvaro Beltrão Ikeda, titular no Núcleo de Apóio à Investigação (NAI) e contou com a participação dos delegados José Humberto de Melo Júnior, Rayrton Carneiro e Simone Felinto.
Do Ministério Público Participaram os promotores: Júlio César Costa, Ramon Furtado, Mayanna Queiroz, Alexandra Muniz e Josélia Barros.
Os policiais cumpriram mandado judicial expedido pelo juiz titular da 5ª Vara Penal, Marcelo Andrei Simão Santos.



Imagem Blog Terra do Nunca
 

Além das prisões, o juiz deferiu o arrestamento de bens dos acusados e de outros prováveis envolvidos no esquema, como o ex-secretário de finanças, Pedro Freitas.
Na casa dele, na avenida Pedro Marinho de Oliveira, os policiais confiscaram cinco carros.
Na casa do ex-secretário Lucídio Colinetti foi apreendido uma TV de 40 polegadas e uma camionete Hilux.Consta nos mandados de busca e apreensão o arrestamento de pedras preciosas, aviões e até pedras preciosas.
Os dois presos, Lucídio Colinetti e Marcelo Fronzack estão custodiados numa cela de transição da 21ª Seccional Urbana da Nova Marabá.
Logo mais os promotores devem convocar uma entrevista coletiva para repassar mais detalhes acerca do caso.
Fonte: Blog \Terra do Nunca, Quaradouro e Barrancas do Itacaíunas

Sem piedade!

Depois de alguma horas de inspeção nas instalações do Hospital Municipal de Marabá, hoje (23) , o juiz César Lins determinou a prisão do secretário municipal de Saúde, Nilson Piedade, por negligência.
"O secretário municipal de Saúde, Nilson Piedade, acabou recebendo voz de prisão. Talvez ele nem seja o principal responsável pelos problemas do setor, mas alguém tinha de responder por tanto descaso", descrever o colubnista Chagas Filho.

Aqui

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Mateus, primeiro os meus!!!!


Imagem Blog Terra do Nunca

COM A CHEGADA DO GRUPO MATEUS EM MARABÁ, UM NOVO TEMPO DE CONCORRÊNCIA INAUGURA NA CIDADE.

Nesta primeira unidade da folha 33 serão contratados 350 funcionários. Outras duas unidades serão inauguradas posteriormente, uma no Distrito Cidade Nova e outra na Fl 26. De olho na concorrência o grupo Valor espalhou out-door pela cidade inteira.

Vereador denunciado na Policia Federal

 Segue abaixo postagem enviada a este blog com denuncia protocolada pelo senhor Elias Ferreira Costa contra a empresa F.A. OLIVEIRA CRUZ LTDA ME, o vereador Ronaldo Yara (PTB)  e a prefeitura de Marabá.
Pois bem, no dia 20 de setembro de 2010, fazendo portanto dois anos agora em 2012, o cidadão ELIAS FERREIRA COSTA protocolou junto à polícia federal, através do Ofício nº 001/2010 – ELIAS F. COSTA, denúncia nos termos seguintes transcritos por  abaixo:

“Na qualidade de cidadão marabaense e que cumpro com minhas obrigações tributárias e eleitorais com o município pagando meus impostos e ajudando a eleger os nossos representantes e governantes.

Considerando o relatório colhido no DIÁRIO OFIAL n 31735 de 20/08/2010, com o número de publicação 146775, onde mostra os extratos de contratos realizados pela Prefeitura Municipal de Marabá. Cópia em anexo.
Considerando a quantidade de escolas sendo reformadas pela Prefeitura Municipal de Marabá, através da Secretaria Municipal de Educação – SEMED por meio de contratos firmados com a empresa F.A. DE OLIVEIRA CRUZ LTDA ME.
Considerando que no relatório não foram mencionados se foi realizado pregão presencial, licitação ou carta convite para a escolha da empresa.
Considerando que a empresa F. A. DE OLIVEIRA CRUZ LTDA ME, é de propriedade do senhor Fernando A. de Oliveira Cruz, e que este por sua vez é casado com a senhora Yara Batista Chaves, irmã do vereador Ronaldo Batista Chaves (PTB).
Considerando que o vereador Ronaldo Batista Chaves (PTB). É da base aliada do governo (prefeito), e por conta disso explica-se o porquê da empresa do seu cunhado ter ganhado o direito de realizar as reformas das escolas.

Considerando que Fernando A. de Oliveira Cruz e Yara Batista Chaves, respectivos marido e mulher moram na mesma casa queo vereador Ronaldo Batista Chaves na folha 28 bairro Nova Marabá e que lá na residência pode-se notar claramente material de construção entulhado pela área da residência. Como mostra foto abaixo.
Considerando que a empresa F. A. DE OLIVEIRA CRUZ LTDA ME, fica localizada na folha 28 bairro nova Marabá e o estabelecimento da mesma é só uma fachada ficando 100% do tempo de portas fechadas. Deixando suspeitas de existir um esquema montado entre o vereador e família para lesar os cofres públicos, já que a empresa faz fundos com a residência do parlamentar. Foto abaixo.
Considerando que no relatório do DIÁRIO OFICIAL consta que foram realizado 10 contratos com a empresa F. A. DE OLIVEIRA CRUZ LTDA ME, todos sem licitação pública. Todos detalhados de forma a driblar a fiscalização, qual foi parâmetro usado para contratar a empresa?
Adotando a teoria que toda contratação de parentes até o terceiro grau em linha direta ou colateral, consanguíneo ou afim, salvo algumas exceções. Portanto, o agente político ou membro de poder não pode dar emprego público com cargo de provimento em comissão, dar função gratificada ou contratar temporariamente pessoas ou firmas sem licitação pertencentes a:
MAIS INFORMAÇÕES CLIC NO LINK http://aurismarqueiroz.blogspot.com.br/2012/10/empresa-familia-do-vereador-ronaldo.html
 

CABRESTO POLÍTICO!

A fiscalização do Ministério do Trabalho é peça essencial na política de promoção de condições de trabalho decente no Brasil, especialmente no combate ao trabalho escravo e ao trabalho infantil.
A chefe da fiscalização do Ministério do Trabalho pediu afastamento na semana passada, reclamando de "cabresto político". Os fiscais do trabalho estão exigindo para este cargo a nomeação de funcionário de carreira indicado a partir de lista tríplice. Assine o abaixo-assinado neste sentido em:
Para mais informações consulte:
E divulgue!

domingo, 21 de outubro de 2012

4º Prêmio Culturas Indígenas


As normas para o Edital da 4ª edição do Prêmio Culturas Indígenas – Raoni Metuktire foram publicadas nesta terça-feira (16/10), no Diário Oficial da União (seção 3, págs. 17 a 19).
O concurso é desenvolvido pelo Ministério da Cultura, por meio da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural, e a Articulação dos Povos Indígenas da Região Sul (Arpin-Sul), com patrocínio da Petrobras, por meio da Lei Rouanet.
O investimento total será de R$ 1,65 milhão, premiando 100 iniciativas de todo o país que tenham como objetivo o fortalecimento das expressões culturais dos povos e comunidades indígenas. Desse total, 70 prêmios serão no valor de R$ 15 mil cada um, e 30 prêmios no valor de R$ 20 mil cada.
“A proposta é valorizar a rede de saberes e práticas culturais, dando visibilidade às mais de 300 etnias indígenas de nosso país e à rica contribuição desses povos para o patrimônio cultural brasileiro”, afirma a secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural do MinC, Márcia Rollemberg, sobre o prêmio.
Nesta 4ª edição, o homenageado é o Cacique Raoni Metuktire, líder do povo Mebengokre, conhecido internacionalmente por sua luta pelos direitos dos povos indígenas, pela preservação das florestas e dos rios da Amazônia.
As inscrições estarão abertas a partir de 5 de novembro e se estenderão até 5 de fevereiro de 2013, conforme estabelece o edital. Os interessados poderão se inscrever pelo site www.premioculturasindigenas.org.br.



EDITAL AQUI

I Seminário de História e Educação Afro Brasileiro e Indígena

O Campus Universitário do Tocantins/UFPA-Cametá, o Centro de Pesquisa do Tocantins, a Faculdade de História e a Pós-Graduação Lato Sensu em História Afro-Brasileira e Indígena convidam para o I SEMINÁRIO DE HISTÓRIA E EDUCAÇÃO AFRO BRASILEIRO E INDÍGENA /IV SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA DO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO TOCANTINS - CULTURA, IDENTIDADE E TRABALHO, que acontecerá no período de 20 a 23 de novembro de 2012. Os referidos eventos têm como objetivo geral discutir temas de História e Educação Afro-brasileira e Indígena na Amazônia e compartilhar experiências de pesquisa no sentido de promover debates interdisciplinares entre estudantes e professores de ensino fundamental, médio e universitário. Venha participar, convide seus amigos, alunos e colegas!
FAÇA A SUA INSCRIÇÃO! DIVULGUE ENTRE SEUS AMIGOS! VEJA DADOS EM ANEXO!
INFORMAÇÕES:
Faculdade de História do Campus Universitário do Tocantins/UFPA-Cametá
Tel. (91) 3781-1182/81031062

sábado, 20 de outubro de 2012

Cartografia Social em Marabá

A EXPOSIÇÃO Amazônia: Povos e Comunidades Tradicionais



Campus Universitário de Marabá.

Abertura: 22/10/2012 as 18h

Período de visitação a Exposição:
22 a 26 de outubro de 2012, de 8:00 as 11:30 e
de 14:30 as 19h
Local: Tapiri do Campus I da UFPA
Folha 31, Nova Marabá, Marabá-PA

Nova eleição

O Código Eleitoral determina a realização de uma nova eleição caso 50% ou mais dos votos, nas eleições majoritárias, sejam anulados pela Justiça Eleitoral.
No Brasil há cerca de 90 casos que se enquadram na hipótese, ou seja, há cerca de 90 candidatos que foram votados, embora os registros das suas candidaturas tenham sido impugnados por alguma questão legal que remete à inelegibilidade.
Os recursos dos candidatos impugnados estão no TSE. Se a Corte decidir pelo indeferimento dos registros uma nova eleição será feita no município, caso o percentual de votos definitivamente anulados pela Justiça Eleitoral seja 50% ou mais.
No Pará há dois municípios onde os candidatos impugnados venceram a eleição de fato. Caso o TSE defira as suas candidaturas, assumirão como os prefeitos eleitos. Caso o TSE mantenha a impugnação, como os votos anulados passarão de 50%, haverá nova eleição.
Abaixo os munícipios do Pará que se enquadram na hipótese:
 
Shot005 (2)
Fonte _ Parsifal Pontes

Mensaleiros de todos os dias!

 
A turma do mensalão que governa este país continua acreditando na perpetuação no poder, na região perderam prefeituras importantes, ganharam outras, mantiveram algumas e se aliaram para ganhar as que não conseguiriam ganhar.
Esse time como preferem ser chamados, vai ter que se rebolar muito para dar uma resposta que a população precisa. Resposta: resolver pelo menos de imediato problemas da saúde, da falta de coleta do lixo...
O anseio de todos é por melhoria, isso só pode ser feito se os interesses particulares não sobrepujarem os interesses coletivos. Afinal, quanta custa uma campanha eleitoral? Quem financia? E quais os interessses?
Não queremos a fatalidade - mas sobretudo ´eimportate ter em mente que alguns aspectos não se transformam com facilidade.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Desaparecidos!

 





O Disque Denúncia Marabá lançou na tarde de ontem (17) os cartazes de desaparecido de três crianças que foram raptadas na segunda-feira (15) por seu próprio pai, Gilvan Martins Alves, de 31 anos.
Segundo informações da mãe das crianças, Edilene dos Santos Silva, de 37 anos, o marido com quem vivia há 10 anos, costuma agredir fisicamente e psicologicamente as três crianças. (Fonte Blog do Chagas Filho)

Só bastou receber apoio do PT para cair nas pesquisas!

A primeira rodada de pesquisa realizada pelo Instituto Vox Populi aponta o candidato Zenaldo Coutinho (PSDB) na liderança das intenções de votos, com 57% dos votos válidos (que desconsidera os votos brancos e nulos). Já o candidato do Psol, Edmilson Rodrigues, aparece com 43%. Nos votos estimulados totais, o tucano desponta com 48%, Edmilson surge com 36%, a margem de brancos e nulos está em 6% e o percentual dos que disseram que não sabem ou preferem não responder é de 9%.
A pesquisa encomendada pela TV Liberal foi realizada entre os dias 14 e 15 de outubro, com 800 eleitores da capital paraense. Ela está registrada na Justiça Eleitoral sob o número PA-00333/2012. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, em um intervalo de confiança de 95%.
Segundo o levantamento do Vox Populi, Zenaldo alcança 49% da preferência dos entrevistados do sexo masculino e 48% dos do sexo feminino, enquanto Edmilson tem 36% e 37%, respectivamente. Em todos os outros cruzamentos Zenaldo supera o candidato psolista, que teve o seu melhor desempenho entre os eleitores de idade entre 35 e 44 anos (43%). Por sua vez, Zenaldo apresentou os seus melhores índices entre os entrevistados que declararam ter ou estar cursando o ensino médio e possuírem renda familiar entre dois e três salários mínimos, ambos com marca de 53%.

Chamada para publicação de artigos da Revista de História Oral

Revista de História Oral
Dossiê Diversidade Étnica e Fontes Orais (prazo: 02/01/2013)
 
A Revista História Oral, periódico da Associação Brasileira de História Oral, convida o/as pesquisadore/as interessado/as a enviarem contribuições para o Dossiê Diversidade Étnica e Fontes Orais. A diversidade étnica das sociedades contemporâneas, que se traduz em pluralismo sociocultural, tem sido pouco considerada em políticas públicas, no senso comum e até mesmo em estudos acadêmicos. Em certas situações, esta diversidade tem sido equiparada à desigualdade, dentro de uma lógica que associa diferença à inferioridade, numa relação marcadamente assimétrica. O presente dossiê abre espaço para contribuições que permitam avançar no entendimento do “diferente” como problema para o conhecimento histórico e que explorem, a partir das fontes orais, a questão da diversidade étnica.

Caso não esteja conseguindo visualizar esta mensagem, clique aqui.

Caso não queira mais receber nossas mensagens, clique aqui.

ABHO - Associação Brasileira de História Oral
http://www.historiaoral.org.br/

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Seminário de Educação Popular


 

Novo cálculo aponta para Irmã Nazaré


O blog pública cálculo realizado pelo Cientista Politico Francisco Macedo, que aponta quem perderia o mandato seria vereadora eleita Irmã Nazaré (PSDB). Veja abaixo as operações feitas com os seguintes resultados.



 
 
 

CALCULO QUOCIENTE ELEITORAL
Divisão de 21 cadeiras no Município onde votaram 144.248 eleitores
1ª operação: Determinar o nº de votos válidos, deduzindo do comparecimento os votos nulos e os em branco  (art. 106, § único do Código Eleitoral e art. 5º da Lei nº 9504 de 30/09/97).
COMPARECIMENTO   VOTOS EM BRANCO VOTOS NULOS   VOTOS VÁLIDOS
116.002   1.901 2.274   111.827
2ª operação: Determinar o quociente eleitoral, dividindo-se os votos válidos pelos lugares a preencher (art. 106 do Código Eleitoral). Despreza-se a fração, se igual ou inferior a 0,5, arredondando-a para 1 se superior.
VOTOS VÁLIDOS / Nº DE CADEIRAS 5325,095238 = Votos Eleitoral 
111.827 21 5325
3ª operação: Determinar os quocientes partidários, dividindo-se a votação de cada partido (votos nominais + legenda) pelo quociente eleitoral (art. 107 do Código Eleitoral). Despreza-se a fração, qualquer que seja.
PARTIDOS VOTAÇÃO QUOCIELENTE ELEITORAL     QUOCIENTE PARTIDARIO
PDT / PHS / PV 11.116 5325 2,087474402 2
PMDB / PSL 9.491 5325 1,782315541 1
PMN 5.320 5325 0,999043165 0
PP 9.359 5325 1,757527252 1
PPS 13.304 5325 2,498359072 2
PR 8.345 5325 1,567108122 1
PRB / PRTB / PC do B 5.875 5325 1,103266653 1
PRP 1.703 5325 0,319806487 0
PSB 6.437 5325 1,208804672 1
PSC / DEM / PT do B 4.429 5325 0,831722214 0
PSDB / PSD 15.099 5325 2,835442246 2
PSTU / PSOL 1.166 5325 0,21896322 0
PT 7.291 5325 1,36917739 1
PTB 12.892 5325 2,420989564 2
Total de Vagas ocupadas:   14
04 partidos/Coligações não alcançaram o quociente eleitoral, não concorrem à distribuição de lugares (art. 109, § 2º, do Código Eleitoral). Faltam 07 vagas a serem preenchidas pelas maiores sobras.
1ª operação:  Distribuição das sobras de lugares não preenchidos pelo quociente partidário. Dividir a votação de cada,  partido pelo nº de lugares por ele obtidos + 1 ( art. 109, nº I do Código Eleitoral). Ao partido que alcançar a maior média, atribui-se a 1ª sobra. PSDB/PSD CONSEGUEM MAIOR SOBRA E CONSEGUE MAIS UMA CADEIRA
PARTIDOS VOTAÇÃO Cadeiras Alcançadas na 1ª distribuição Lugares + 1 A proxima cadeira será destinado ao partido com maior média/sobra Qtd Geral de Vagas
PDT / PHS / PV 11.116 2 3 3705,333333 3705 2
PMDB / PSL 9.491 1 2 4745,5 4745 1
PP 9.359 1 2 4679,5 4679 1
PPS 13.304 2 3 4434,666667 4434 2
PR 8.345 1 2 4172,5 4172 1
PRB / PRTB / PC do B 5.875 1 2 2937,5 2937 1
PSB 6.437 1 2 3218,5 3218 1
PSDB / PSD 15.099 2 3 5033 5033 3
PT 7.291 1 2 3645,5 3645 1
PTB 12.892 2 3 4297,333333 4297 2
                    15
2ª operação:  PMDB/PSL NA SEGUNDA DIVISÃO CONSEGUEM A MAIOR SOBRA E GARANTEM MAIS UMA CADEIRA
PARTIDOS VOTAÇÃO Cadeiras Alcançadas na 1ª distribuição Lugares + 1 A proxima cadeira será destinado ao partido com maior média/sobra Qtd Geral de Vagas
PDT / PHS / PV 11.116 2 3 3705,333333 3705 2
PMDB / PSL 9.491 1 2 4745,5 4745 2
PP 9.359 1 2 4679,5 4679 1
PPS 13.304 2 3 4434,666667 4434 2
PR 8.345 1 2 4172,5 4172 1
PRB / PRTB / PC do B 5.875 1 2 2937,5 2937 1
PSB 6.437 1 2 3218,5 3218 1
PSDB / PSD 15.099 3 4 3774,75 3774 3
PT 7.291 1 2 3645,5 3645 1
PTB 12.892 2 3 4297,333333 4297 2
16
3ª operação: PP CONSEGUE A MAIOR SOBRA REFERENTE A 3ª OPERAÇÃO E LEVA OUTRA CADEIRA
PARTIDOS VOTAÇÃO Cadeiras Alcançadas na 1ª distribuição Lugares + 1 A proxima cadeira será destinado ao partido com maior média/sobra Qtd Geral de Vagas
PDT / PHS / PV 11.116 2 3 3705,333333 3705 2
PMDB / PSL 9.491 2 3 3163,666667 3163 2
PP 9.359 1 2 4679,5 4679 2
PPS 13.304 2 3 4434,666667 4434 2
PR 8.345 1 2 4172,5 4172 1
PRB / PRTB / PC do B 5.875 1 2 2937,5 2937 1
PSB 6.437 1 2 3218,5 3218 1
PSDB / PSD 15.099 3 4 3774,75 3774 3
PT 7.291 1 2 3645,5 3645 1
PTB 12.892 2 3 4297,333333 4297 2
17
4ª operação:  NA QUARTA OPERAÇÃO PPS POSSUI A MAIOR SOBRA E LEVA OUTRA CADEIRA (art. 107 do Código Eleitoral). Despreza-se a fração, qualquer que seja.
PARTIDOS VOTAÇÃO Cadeiras Alcançadas na 1ª distribuição Lugares + 1 A proxima cadeira será destinado ao partido com maior média/sobra Qtd Geral de Vagas
PDT / PHS / PV 11.116 2 3 3705,333333 3705 2
PMDB / PSL 9.491 2 3 3163,666667 3163 2
PP 9.359 2 3 3119,666667 3119 2
PPS 13.304 2 3 4434,666667 4434 3
PR 8.345 1 2 4172,5 4172 1
PRB / PRTB / PC do B 5.875 1 2 2937,5 2937 1
PSB 6.437 1 2 3218,5 3218 1
PSDB / PSD 15.099 3 4 3774,75 3774 3
PT 7.291 1 2 3645,5 3645 1
PTB 12.892 2 3 4297,333333 4297 2
18
5ª operação:  Na quinta operação PTB alcança a maior sobra e consegue mais uma cadeira (art. 107 do Código Eleitoral). Despreza-se a fração, qualquer que seja.
PARTIDOS VOTAÇÃO Cadeiras Alcançadas na 1ª distribuição Lugares + 1 A proxima cadeira será destinado ao partido com maior média/sobra Qtd Geral de Vagas
PDT / PHS / PV 11.116 2 3 3705,333333 3705 2
PMDB / PSL 9.491 2 3 3163,666667 3163 2
PP 9.359 2 3 3119,666667 3119 2
PPS 13.304 3 4 3326 3326 3
PR 8.345 1 2 4172,5 4172 1
PRB / PRTB / PC do B 5.875 1 2 2937,5 2937 1
PSB 6.437 1 2 3218,5 3218 1
PSDB / PSD 15.099 3 4 3774,75 3774 3
PT 7.291 1 2 3645,5 3645 1
PTB 12.892 2 3 4297,333333 4297 3
19
6ª operação: Na 6ª operação a maior sobra pertence ao PR o que garante outra cadeira ao partido (art. 109, nº II, do Código Eleitoral).
PARTIDOS VOTAÇÃO Cadeiras Alcançadas na 1ª distribuição Lugares + 1 A proxima cadeira será destinado ao partido com maior média/sobra Qtd Geral de Vagas
PDT / PHS / PV 11.116 2 3 3705,333333 3705 2
PMDB / PSL 9.491 2 3 3163,666667 3163 2
PP 9.359 2 3 3119,666667 3119 2
PPS 13.304 3 4 3326 3326 3
PR 8.345 1 2 4172,5 4172 2
PRB / PRTB / PC do B 5.875 1 2 2937,5 2937 1
PSB 6.437 1 2 3218,5 3218 1
PSDB / PSD 15.099 3 4 3774,75 3774 3
PT 7.291 1 2 3645,5 3645 1
PTB 12.892 3 4 3223 3223 3
20
7ª operação: A Coligação PSDB/PSD na 7ª operação detém a maior sobra novamente, garantido mais uma cadeira. Duas pelas sobras. Implica que o 4º candidato mais votado coligação consegue uma vaga. Essa operação completa as 21 cadeiras. (art. 109, nº II, do Código Eleitoral).
PARTIDOS VOTAÇÃO Cadeiras Alcançadas na 1ª distribuição Lugares + 1 A proxima cadeira será destinado ao partido com maior média/sobra Qtd Geral de Vagas
PDT / PHS / PV 11.116 2 3 3705,333333 3705 2
PMDB / PSL 9.491 2 3 3163,666667 3163 2
PP 9.359 2 3 3119,666667 3119 2
PPS 13.304 3 4 3326 3326 3
PR 8.345 2 3 2781,666667 2781 2
PRB / PRTB / PC do B 5.875 1 2 2937,5 2937 1
PSB 6.437 1 2 3218,5 3218 1
PSDB / PSD 15.099 3 4 3774,75 3774 4
PT 7.291 1 2 3645,5 3645 1
PTB 12.892 3 4 3223 3223 3
21
 






Caso a petição do PMN seja deferida, a 7ª operação não acontecerá porque serão distribuidas pelas sobras apenas 06 cadeiras.
Portanto, a coligação PSDB/PSD PERDERÁ a 4ª cadeira.

Todas as operações foram analisadas de acordo com a legislação eleitoral, portanto, o PMN deverá rever seu pedido.