sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

JOGOS VIOLENTOS

DEU NA IMPRENSA


Counter-Strike" e "EverQuest" estão proibidos no Brasilda Redação







Desde a última quinta-feira (17), "EverQuest" e "Counter-Strike" começaram a ser apreendidos em Goiás pelo Procon - a decisão, contudo, se estende por todo território nacional -, por serem "considerados impróprios para o consumo, na medida em que são nocivos à saúde dos consumidores, em ofensa ao disposto nos artigos 6, I, 8, 10 e 39, IV, todos do Código de Proteção e Defesa do Consumidor". A decisão foi proferida pelo Juízo da 17ª Vara Federal da Seção Judiciária do Estado de Minas Gerais e publicada no site oficial do Procon/GO.

Em aparente alusão ao mapa cs_rio, ambientado em uma favela brasileira, "Counter-Strike" é descrito como um jogo em que "traficantes do Rio de Janeiro seqüestram e levam para um morro três representantes da Organização das Nações Unidas. A polícia invade o local e é recebida a tiros". O texto ainda afirma, sem citar nomes ou pesquisas, que "na visão de especialistas o jogo ensina técnicas de guerra".

Quanto à "EverQuest", de acordo com o texto o RPG online "leva o jogador ao total desvirtuamento e conflitos psicológicos 'pesados'; pois as tarefas que este recebe, podem ser boas ou más".

Para o Procon/GO, "os jogos violentos ou que tragam a tônica da violência são capazes de formar indivíduos agressivos, sobressaindo evidente que é forte o seu poder de influência sobre o psiquismo, reforçando atitudes agressivas em certos indivíduos e grupos sociais".

No site, o Procon/GO diz ainda que qualquer consumidor goiano que se deparar com a comercialização ou distribuição de "Counter-Strike" ou "EverQuest" pode acionar o órgão, visando a apreensão dos produtos.

No Brasil, todos os jogos comercializados oficialmente são classificados por faixa etária pelo Ministério da Justiça. "Counter-Strike" é vendido para maiores de 18 anos, enquanto "EverQuest" não possui distribuição oficial no país. No passado, quando ainda não havia a política de classificação, já foram banidos do país jogos como "Carmageddon", "Postal" e "Grand Theft

OUTRO MUNDO É POSSIVEL?

Belém acredita que um outro mundo é possível.

Claro sem Ana Julia e Duciomar!!!

Atuar localmente para mudar globalmente e dar visibilidade às lutas locais por meio de um dia de ação comum! Essa é a missão da Semana de Mobilização e Ação Global do Fórum Social Mundial (FSM), que ocorre entre 22 e 26 de janeiro, organizada por movimentos sociais, redes, ONGs e outras organizações da sociedade civil na construção de um mundo livre do capital neoliberal.
No dia 26 de janeiro de 2008 serão realizadas manifestações em todo mundo, onde os povos do planeta afirmarão que é possível um outro mundo: com justiça, liberdade e paz. A data foi escolhida para manter o contraponto com o Fórum Econômico Mundial que ocorre sempre em janeiro em Davos, Suíça.
Belém, eleita como sede do FSM em 2009, atendeu ao chamado mundial e vem mostrar que a Amazônia também luta e acredita que "Um Outro Mundo Possível!"

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

PAINTBALL 1

AULAS DE ENSINO DO CRIME


o que é?


É uma atividade de jogo com armas semi-automáticas que disparam balas de tinta, como no pique bandeira das crianças. O objetivo é pegar a bandeira da equipe adversária sem ser atingido.

POLICIA FEDERAL COMEÇA AGIR

PF apreendem armas de paintball que imitam fuzis

Após denúncia de que bandidos estariam usando armas falsas em assaltos, agentes da Polícia Federal (PF) de Niterói, no Rio de Janeiro, apreenderam cerca de 40 réplicas de fuzis (AR-15 e AK-47), metralhadoras e pistolas usadas em jogos de paintball. As apreensões foram feitas em lojas de Niterói e São Paulo.
» Leia mais notícias do jornal O Dia » vc repórter: Mande fotos e notícias
Os donos dos estabelecimentos serão indiciados por receptação, contrabando e posse ilegal de arma. As armas usadas em jogos de paintball não podem reproduzir armas verdadeiras e, por isso, foram feitas as apreensões.



O QUE DIZEM OS DEFENSORES DO "JOGO"


O PAINTBALL É um esporte de Ação, Estratégia e Trabalho em Equipe no qual dois grupos tentam capturar uma ou mais bandeiras (antigo pique-bandeira). A diferença é que neste jogo cada jogador tem uma arma (marcador)que atira cápsulas de gelatina recheadas com tinta solúvel em água. Se você leva um tiro e a bolinha estoura te marcando, você fica momentaneamente fora do jogo. O objetivo é sair de sua base, pegar a(s) bandeira(s) e colocá-la na base do oponente. Quando você encontra algum jogador adversário você atira nele e o marca antes que ele faça isso com você. Divertido, inteligente e radical.
Dentre os esportes de ação, Paintball é considerado o mais seguro. Um dos fatores que contribui para isso é que é proibido o contato físico entre os jogadores, o que torna este jogo infinitamente mais seguro do que futebol, por exemplo, onde há carrinhos, chutes e até socos. O único risco real neste esporte é a visão; porém, o uso de máscaras adequadas e o correto entendimento e prática das regras, elimina totalmente este risco.
As bolinhas que servem de munição são feitas de uma gelatina fina, recheadas de tinta. As armas, que são específicas para este esporte, atiram estas bolinhas a uma velocidade entre 250 e 300 pés por segundo e elas são bastante leves.
Mesmo usando projéteis não-letais, os jogadores de paintball "sempre" utilizam máscaras de proteção PRÓPRIAS PARA PAINTBALL que protegem os olhos, a face e as orelhas.
Segurança é o ítem mais frizado nos melhores campos. Além da obrigatoriedade do uso de máscaras em todas as áreas de tiro, também é necessário que use coloque os "Barrel Plugs" (tipos de "rolhas" de plástico para serem colocados na boca do cano sempre que se sair do jogo e para transportá-la pela área de circulação do campo.



EUA COMO SEMPRE: A FÁBRICA DE ASSASSINOS


O PaintBall é um esporte que surgiu inicialmente nos Estados Unidos, em meados de 1980, porém já era utilizado pelo Exército Americano para treinamento de seus soldados de elite. O esporte se difundiu rápidamente nos Estados Unidos e conquistou o mundo. Hoje se joga PaintBall em quase todos os países como por exemplo no Japão, Austrália, China, Rússia, Alemanha, França, Portugal, Inglaterra, Canadá, México, Bolívia, Colombia e Argentina. Foi trazido para o Brasil em 1990, e trata-se de um jogo de estratégia onde usa-se marcadores que disparam bolinhas com tinta. No campo, jogam dois times compostos por normalmente cinco jogadores cada um.

Não existe distinção de idade ou de sexo neste esporte, apenas é preciso estar em boas condições de saúde e ir com a vestimenta adequada (roupas de manga comprida e calçado). A idade mínima para jogos abertos é de 13 anos ou mais, no caso de crianças com menos de 13 anos, é preciso que os pais estejam presentes ou que enviem uma autorização expressa para se praticar o esporte, além de a criança conseguir entender as regras e carregar o equipamento.
O esporte é altamente empolgante, e além de um alta dose de adrenalina, envolve muita ação, iniciativa, trabalho em equipe, comunicação e liderança


OBS: E JÁ CHEGOU EM MARABÁ.

PAINTBALL 2

DEU NA COLUNA "VARIASDISSIMA" DO CT EDIÇÃO DO DE HOJE

Depois da febre das Lan House (casas de jogos eletrônicos por internet) a nova febre entre os jovens em Marabá é a prática do Paintball, jogo que simula situação de confronto entre equipes e na qual os participantes utilizam armas com bala de tinta. /// Uma vez marcado ou atingido, o jogador se retira do campo de batalha. Entre os que resolveram investir no negócio estão Israel Santis e o cunhado Ricardo Pianho, que acabam de chegar de São Paulo com equipamento de primeira linha para aluguel. Por outro lado, a quem se mostre prejudicado pelo referido esporte e até ligam para Redação protestanto

E assim segue as escolas de assassinos. Reclamar de que??

Rosa Luxemburgo Vive!

A mais importante revolucionária do século XX foi assassinada, mas seu legado é presença viva entre nós.

Durante a primeira guerra mundial, Rosa Luxemburgo liderou as posições contrárias ao envolvimento da classe trabalhadora nesse conflito, esclarecendo seu caráter imperialista e portanto, negando qualquer participação operária nessa guerra do capital. Quando em 4 de agosto de 1914 a bancada do Partido Social-Democrata (seu partido) votou a favor dos créditos de guerra, Rosa Luxemburgo disparou uma bateria de ataques à direção do partido que culminou com a publicação do texto "A Crise da Social-Democracia", também conhecido como "O Folheto Junius", publicado em 1915, no qual faz a seguinte afirmação sobre a guerra: "A demência não terá fim, o sangrento pesadelo do inferno não vai parar até que os operários da Alemanha, da França, da Rússia e da Inglaterra despertem de sua embriaguez, se apertem fraternalmente as mãos e afoguem o coro brutal dos agitadores belicistas e o grito das hienas capitalistas no poderoso grito do trabalho - 'Proletários de todo o mundo, uni-vos!"

No período em que esteve presa, Rosa Luxemburgo escreve entre outros textos o importante documento sobre a Revolução Russa de 1917. Além de esclarecer de uma vez por todas as convergências e divergências com as posições de Lênin, "A Revolução Russa", redigido no verão de 1918, se constitui numa das principais obras sobre o socialismo no mundo. Enaltece a iniciativa revolucionária dos bolcheviques e destaca a importância da Revolução Russa no cenário internacional, mantendo, porém, sua concepção crítica sobre a violência revolucionária e a defesa da democracia proletária.

Mesmo presa, Rosa Luxemburgo não deixou da fazer política, seu núcleo de esquerda, do qual participavam entre outros Karl Liebknecht, continuou se articulando dentro do Partido Social Democrata, até ser expulso; a bem da verdade atuava com programa próprio (redigido por Rosa, em janeiro de 1916) conhecido como "Princípios Diretores" ou "Diretivas". Esse núcleo foi historicamente conhecido como "Liga Spartakus". Em 1917 o Partido Social Democrata expulsou não só os espartaquistas como também um grande grupo de oposição. Esse grupo, do qual participa a Liga Spartakus, dá origem ao "Partido Social-Democrata Independente". Registre-se que a Liga manteve-se organizada no novo PSDI, conservando sua organização e sua política. Os espartaquistas permaneceram no PSDI até que este decidiu participar do governo. Em 29 de dezembro de 1918 a Liga decide fundar o Partido Comunista Alemão. É bom que se diga que a Alemanha vivia um autêntico período revolucionário (particularmente em novembro e dezembro de 1918 e janeiro de 1919), com amplas greves, motins na marinha de guerra, soldados confraternizando com o Exército Russo, com insurreições operárias. As autoridades se mostravam impotentes para enfrentar as rebeliões; os conselhos de operários e soldados cresciam e se fortaleciam. Em contraposição, o Partido Social-Democrata defendia desesperadamente a convocação da Assembléia Constituinte, numa clara posição em favor da ordem capitalista.

Por força do movimento social, que a cada momento "ganhava" as ruas, Rosa Luxemburgo é posta em liberdade em novembro de 1918; sai da cadeia para reforçar a luta pela revolução socialista. Ao lado de Karl Liebknecht, aposta cada vez mais no movimento de massas, na greve de massa, dirigindo todas ações do então criado Partido Comunista Alemão. Postou-se claramente em defesa dos conselhos operários e soldados. fortalecendo-os, dotando-os de destacado papel político na construção do poder revolucionário dos trabalhadores. Enquanto socialista, Rosa Luxemburgo sabia mais do que ninguém que o futuro nos reservaria ou "socialismo ou barbárie".

Em 15 de janeiro de 1919 Rosa Luxemburgo foi brutalmente retirada, juntamente com o companheiro Karl Liebknecht, do "aparelho" em que se mantinha clandestina e assassinada covardemente por paramilitares - sabidamente a serviço do governo social-democrata alemão. Um tiro levou sua vida, sumiram com seu corpo, mas nunca conseguiram ofuscar a grandeza de suas idéias: Rosa vive entre nós!

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

SE TOCA ANA!!!




SE POR UM LADO BARBALHISA,NA EDUCAÇÃO ANA GABRIELIZA

A governadora ANA "GABRIEL" CAREPA, não tem jeito mesmo tem cada dia aprendido a tucanizar direitinho, não se sabe se é por obra da Bila Gallo ou por tática do seu pai-de-santo para 2008.


as declarações da então deputada federal Ana Julia, em 1996, comentando a decisão do governador à época, o tucano Almir Gabriel, que acreditou na horizontalidade da lista tríplice e passou por cima da vontade das urnas.
Setores do PT, e parte da oposição, é claro, querem agora empurrar a governadora a dar uma lição à sociedade paraense que os professores - da UEPA ou de qualquer universidade ou escola - jamais devem dar aos seus alunos.
Passar por cima das urnas não é ilegal, registre-se. A lista tríplice garante, de forma inquestionável, a legalidade da medida. Mas a governadora Ana Julia construiu boa parte de seu patrimonio político ensinando exatamente a diferença entre o legal e o legítimo. No meio do caminho está o avanço das relações socias.
Desconhece-lo agora, exatamente como fez Almir em 1996, é , usando suas próprias palavras, tentar conduzir a governadora a chancelar um golpe, uma atitude autoritária que lembra a ditadura militar, passar por cima da democracia, envergonhar as mulheres paraenses.
FONTE: Blog do Juvencio Arruda


Ana nomeia quem venceu a eleição e pronto!!!

CONJUNTURA REGIONAL

PARAUAPEBAS

Em entrevista exclusiva para um jornal local, o ex-prefeito Faisal Salmem (PSDB) dinamitou as principais lideranças. O prefeito Darci Lermen foi tachado de "bananão" pelo seu estilo de agir e governar, que segundo Faisal é muito mole frente aos imensos problemas de Parauapebas e diante dos inumeros recursos do municipio. Além de tê-lo acusado de várias irregularidades desde sua campanha. Dinheiro vindo do dono do Restaurante Porcão, e outras lavagens feitas pelo PT de Genoíno e Delubio.

Quanto a sua ex-esposa e agora desafeta a atual deputada Bel Mesquita, chamou a de traidora. Disse que todas as grandes obras da cidade foram recursos trazidos por ele, no entanto o agradecimento que teve foi a traição da ex-prefeita, ao se aliar com antigos desafetos.

Faisal, afirma ainda que será candidato ao legislativo local e que acompanhará a candidatura de Claudio Almeida(PTB) o "incasável candidato".

XINGUARA

Aliado do prefeito Davi Passos (PT)e que hoje ocupa a direção local da regional do DETRAN, o ex- vereador e ex-diretor da Radio Itacaínuas Edimar Brito, que também preside o PMDB, já lançou a candidatura do pecuarista Osvaldinho Assunção.Agora é saber como fica a relação com o atual prefeito.


MARABÁ

O prefeito Tião "centralizador" Miranda (PTB) deve mesmo lançar uma candidatura ao quel ele possa ter controle, o nome mais provável de ser controlado, chama-se ÍTALO IPOJUCAN PDT.

NOTA DO PSOL




Nota da Executiva Nacional do PSOL


Escrito por Executiva Nacional

A entrevista de José Dirceu à revista Piauí é a última expressão do grau de desespero que atinge o ex-todo poderoso porta-voz bajulador do lulismo, hoje abandonado na vala comum dos cúmplices inconvenientes.
Sua manifestação contra a presidente nacional do PSOL, a ex-senadora e professora universitária Heloisa Helena, é típica dos renegados que abandonam as posições de progressistas de esquerda, sobre as quais construíram suas vidas políticas, para se transformarem em lobistas do grande capital, nacional e internacional, junto a parceiros que ainda consegue manter na máquina governamental.
O PSOL não vai responder no mesmo tom desqualificado da citada entrevista. Não vai reativar suspeitas sobre o comportamento do "guerrilheiro" que nunca fez guerrilha, e que se notabilizou por ter sido o único membro de sua organização, entre todos os que retornaram da clandestinidade, a sobreviver à repressão da ditadura que nos assolou durante duas décadas.
Prefere admitir que esteja diante de um caluniador conseqüente, hoje prestador de serviço aos que vivem da exploração do povo brasileiro, ostentando vida de quem recebe polpudas recompensas por tarefas certamente pouco dignas. Ou então, e na melhor das hipóteses, que está diante de um desvairado, em surto psicótico. Que, como tal, merece cuidados terapêuticos urgentes.
Executiva Nacional do Partido Socialismo e Liberdade

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

É PRECISO ELIMINAR O OUTRO PARA VENCER??

ESTAR NO AR "BIG BOSTA BRASIL 8"

A ignorância de quem participa, junto com a ignorância de quem assiste resume o nosso país.... o que o BBB nos passa de cultura? o que nos passa de valor? este tipo de programa deveria ser ignorado pelo público, não percam tempo assistindo este tipo de programa


BBB apenas junta um monte de gente ignorante, para ver o que sobra... o que interessa realmente é o ibope, a repercussão, o sexo e as fofocas, para distrair um público que não tem muitas opções...e que não exije outras opções e isto é o que me assusta, nosso público não exerce o direito de ter outras opções parte porque não quer (afinal existem os que gostam do programa) e parte por comodismo...neste horário eu prefirio fazer o que a minoria faz... deixar a televisão desligada!



ARTIGO

BBB: ALIENAÇÃO PERMANENTE

O Big Brother Brasil tem revelado, dia após dia, uma maior aceitação por parte do público. Tornou-se um programa para ser visto com a família reunida no sofá, sempre no mesmo horário, depois do jantar, exatamente como uma novela.
O BBB passou a substituir o diálogo familiar, pois sempre quando a família se reúne, seja no café da manhã, almoço ou jantar, há o comentário da programação do dia anterior, a porcentagem com que o último participante saiu, a curiosidade em saber quem pegará a liderança e quem provavelmente será eliminado do jogo.
Sem dúvida alguma, o que mais proporciona a audiência do programa são as bebedeiras, intrigas e desavenças entre os participantes. O objetivo é mexer emocionalmente com o público, que passa a “amar” ou “odiar” os participantes.
A questão é que o BBB acaba alienando aos telespectadores, que sentem a obrigação de estar todos os dias ali, em frente à TV, por dentro de tudo o que acontece na casa. Assistir ao programa passa a ser uma questão de necessidade.
As pessoas passam a ficar tão influenciadas pelo Big Brother que acabam nem saindo de casa para assistir ao programa. Elas param de viver sua vida própria para viver a dos outros.
As únicas pessoas que ganham com o BBB são os poderosos, isto é, aqueles que são responsáveis pelo programa. Nós questionamos e criticamos o programa, quem realiza e assiste, quando seria muito mais fácil apenas mudar ou desligar de canal. A cada paredão a rede Globo arrecada mais de R$40 milhões. Ou seja, o povo assiste e paga por isso, muitas vezes sem se dar conta.
Mas será que a personalidade dos participantes no programa é a mesma de como são fora da casa? Eu não teria tanta certeza. Ainda que o preferido da telinha “alemão” demonstre ser de uma forma, a tendência de quando alguém sabe que está sendo observado é mudar de comportamento, ou seja, ele não vai agir da mesma forma. Por outro lado, o “alemão” foi um dos poucos participantes que conseguiu manter a mesma personalidade do começo até o fim do BBB e, com isso, conseguiu se manter no programa e ganhar o tão sonhado prêmio.
É triste ver como os poderosos investem tanto dinheiro em programas sem nenhum tipo de cultura, como é o caso do Big Brother. Mais lamentável ainda é ver a idolatria que as pessoas passam a ter por esses programas, que fazem parte do seu cotidiano. A questão é: porque não assistir a um bom filme nacional, ler um livro interessante, debater assuntos polêmicos, prestar mais atenção na realidade a nossa volta, na corrupção, na violência, na desigualdade social, ser crítico e questionador a tudo que acontece a nossa volta?
Ao invés disso, as pessoas ficam entretidas em um programa que visa apenas aparência e beleza. A sociedade sonha que o mundo mude, mas nada faz por este objetivo. Assistir a um programa de TV sem conteúdo útil pode parecer algo insignificante, mas faz toda a diferença, principalmente em relação aos adolescentes que ainda possuem a mente imatura para discernir o que é alienante ou não. (Fabiane de Souza)


---------------------------------------------------
===================================================INFORMAÇÃO=====================

Virou um concurso de beleza
Bombardeado, 'Big Brother' tem a 2ª pior audiência da história

A estréia do "Big Brother Brasil 8" teve a segunda menor audiência da história. O ibope ficou abaixo dos 40 pontos na Grande São Paulo. Só não foi pior do que o resultado do "BBB 2", que registrou só 29 pontos na sua primeira noite. Os dados são extra-oficiais, apurados nos bastidores de uma emissora paulista. A Globo evitou informar a prévia. Durante a tarde, a emissora ainda não tinha uma decisão se os números seriam divulgados à imprensa.

O programa virou alvo de críticas dos internautas --muitos defendem o boicote ao reality show. Há comentários atacando a falta de qualidade da atração, realizada em uma casa onde boa parte das cenas se volta para os quartos, banheiros e piscinas. No primeiro dia, um participante já mostrou o "cofrinho" na piscina, como percebeu a cantora Daniela Mercury, que cantou na casa e acabou dentro da piscina.

Sem participantes com discurso de pobrezinhos, o "Big Brother Brasil" virou um concurso de beleza, a exemplo da edição do ano passado. Neste momento, quem lidera enquete de popularidade é o estudante de medicina Rafael, 23, apontado como um clone de Diego Alemão, vencedor do "BBB 7". FONTE: FOLHA DE S. PAULO

INSENSATEZ

PAI-DE-SANTO

Fim de semana trágico: pai-de-santo brutalmente assassinado.

INTERNET

Conexão de internet em Marabá virou um pesadelo para os internautas, quem procura um ciber geralmente tem acontecido do sinal estar fora do ar.


ARMAS

O não ao desarmamento tem suas consequencias. Todos os dias tem aumentado as vitimas por armas de fogo, quem ganha com isso a indústria armamentista.

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

SECRETÁRIA TUCANA

Durante a posse da nova titular da SEDUC, Billa Galo teceu vário elogios ao atual secretário de educação de Abel Figueiredo Professor Melquiades Justiniano. Enaltecendo melhorias na educação e coisitas a mais.

Pra quem não sabe Iracy Galo é tucana de "carteirinha", um cuidado a mais, outro a menos.

Te cuida Irene...ele pode voltar.

ACREDITE NESSA!

NOVOS ASSESSORES DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA ARACRUZ

A empresa Aracruz maior produtora de celulose do país, dona da maior Área de monocultiva de eucalipto no país, e exportadora de 97% de toda sua produçao, acaba de contratar dois novos assessores para seu conselho de administração.
Claudio Padua, da ONG internacional WWF e o ex-governador do acre, o petista JORGE VIANA.
Os novos assessores foram contratados, segundo a empresa, para os assuntos relacionados com a sustentabilidade dos negócios e incluindo investimentos estratégicos.

(Lembrete 1: nesse ano de 2007 a empresa teve uma derrota politica ao ser obrigada a devolver aos povos Tupi e Guarani 11.000 ha, de terras que havia roubado em 1969. Mas ainda estão pendentes a devoluçao de outros 24 mil ha roubados de comunidades quilombolas, já identificadas pelo Incra, mas negado pela empresa que já recorreu pedindo apoio até do Presidente da republica.)


(Comentário 2: pelo jeito as grandes empresas encontraram um novo jeito de garantir seus negócios, há alguns meses circulou a noticia de que a empresa VALE (ex-Rio doce) havia contratado o ex-minsitro petista Luis Gushinquen, para ser assessor da diretoria para assuntos de relacionamentos com movimentos sociais.)

DENGUE

A Dengue ataca o sul e sudeste do Pará sem piedade.

Enquanto isso a turma do PT fica com picuinha na SESPA juntamente com seu parceiro, o PMDB de Jader e Asdrubal

INFORMAÇÃO

O que é a dengue hemorrágica?Quando alguém se contamina com o vírus da dengue, desenvolve a doença, que dura uma semana sem outras complicações. Mas, se a pessoa se contaminar outra vez com um outro tipo de vírus da dengue, ela pode desenvolver a forma hemorrágica da doença. Por exemplo, uma pessoa pode se contaminar com o vírus da dengue tipo 1 e depois de um tempo se contaminar pelo vírus tipo 2. Nesse caso, ela pode desenvolver uma forma grave da doença - é a chamada dengue hemorrágica, em que a pessoa doente pode ter sangramentos com choque e morte.
Na dengue hemorrágica, as plaquetas caem muito e a pessoa pode morrer em conseqüência dos sangramentos. Com a disseminação do mosquito, há um risco maior da pessoa se infectar por mais de um vírus e desenvolver a dengue hemorrágica

GUERRILHA DOS ARAGUAIA

DEU NA FOLHA DE S.PAULO


Governo perde recurso e deve abrir arquivos do Araguaia
Adovocacia Geral da União contestava decisão de tribunal federal de Brasília
Ação, iniciada há 27 anos, cobra a localização exata dos corpos de guerrilheiros do maior conflito entre Exército e esquerda armada
RUBENS VALENTE
DA REPORTAGEM LOCAL

O governo federal perdeu em dezembro um recurso no STF (Supremo Tribunal Federal) contra decisão tomada em 2003 pela Justiça Federal de Brasília e deverá ser obrigado a abrir os arquivos confidenciais relativos à guerrilha do Araguaia, movimento armado de esquerda eliminado pelas Forças Armadas entre 1972 e 1975.
A guerrilha foi iniciada no final dos anos 60 no sul do Pará por militantes do PC do B (Partido Comunista do Brasil). Com inspiração maoísta, pretendia derrubar a ditadura e instalar um governo comunista no Brasil. No decorrer do conflito, segundo o livro "A Ditadura Escancarada", do jornalista Elio Gaspari, morreram 59 guerrilheiros, 16 soldados do Exército e dez moradores da região.
O governo vem recorrendo desde 2003 contra a decisão da juíza da 1ª Vara Federal de Brasília, Solange Salgado, que tentou dar um fim à ação aberta em 1982 por familiares de 22 desaparecidos na guerrilha.
Em tese, o governo Lula poderia ter cumprido em 2003 a ordem de abertura dos arquivos, mas resolveu recorrer e, ao mesmo tempo, criou uma comissão interministerial para estudar o assunto.
Após idas e vindas, o processo foi suspenso no TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região, em Brasília, à espera do julgamento de dois recursos do governo, um no STF e outro no STJ (Superior Tribunal de Justiça). Em junho passado, o STJ decidiu que o governo deveria abrir os arquivos num prazo de 120 dias.
A AGU (Advocacia Geral da União) recorreu ao STF no dia 5 de novembro passado. Em decisão publicada no "Diário Oficial" do dia 5 de dezembro, o ministro Ricardo Lewandowski julgou prejudicado o recurso formulado pela AGU. Agora o STF deverá devolver o processo ao TRF, que enfim o enviará para a 1ª Vara, que tratará de expedir a ordem à União para a contagem do prazo de 120 dias.
Procurada desde a última sexta-feira, a AGU não se manifestou até o fechamento desta edição. A assessoria de comunicação informou que o órgão, vinculado à Presidência da República, está "em recesso".
As famílias querem saber a localização exata dos corpos dos guerrilheiros. Desde o governo Collor (1990-1992), contudo, os serviços de inteligência do governo e outras comissões montadas ao longo do tempo têm informado que não há nenhum documento que aponte, sem sombra de dúvidas, o paradeiro dos corpos.
Os familiares temem que, após toda a disputa judicial, funcionários do governo acabem selecionando os papéis que possam vir a público. "Esperamos isso há 25 anos. Dessa gente esperamos tudo, menos a verdade", disse Criméia Alice Almeida, guerrilheira do Araguaia e viúva de André Grabois, filho de Mauricio Grabois, chefe militar da guerrilha.
A guerrilha do Araguaia foi o ponto alto do enfrentamento entre a esquerda armada e a ditadura militar (1964-1985). Em seu site na internet, o grupo de militares Ternuma (Terrorismo Nunca Mais) diz que "a guerrilha do Araguaia não passou de uma aventura de um grupo verdadeiramente pequeno e residual, sejam quais forem os ângulos por quais ela possa ser analisada. Pelo enfoque político, não passou do desvario de um partido ilegal e clandestino em engendrar a incoerência de uma guerra popular sem apoio do povo, para impor-lhe o socialismo. Do ponto de vista militar, foi ação de um bando quixotesco a infligir mais prejuízos a si mesmo, perdido na selva e no emaranhado dos próprios erros".

TOMA LULA.....

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

CABANAGEM




Viva os Cabanos!!!


Na década de 1830, a província do Grão-Pará, que compreendia os estados do Pará e do Amazonas, tinha um pouco mais de 80 mil habitantes (sem incluir a população indígena não-aldeada). De cada cem pessoas, quarenta eram escravos indígenas, negros, mestiços ou tapuios, isto é, indígenas que moravam nas vilas.

Belém, nessa época, não passava de uma pequena cidade com 24 mil habitantes, apesar de importante centro comercial por onde era exportado cravo, salsa, fumo, cacau e algodão.

A independência do Brasil despertou grande expectativa no povo da região. Os indígenas e tapuios esperavam ter seus direitos reconhecidos e não serem mais obrigados a trabalhar como escravos nas roças e manufaturas dos aldeamentos; os escravos negros queriam a abolição da escravatura; profissionais liberais nacionalistas e parte do clero lutavam por uma independência mais efetiva que afastasse os portugueses e ingleses do controle político e econômico. O resto da população – constituída de mestiços e homens livres -, entusiasmada com as idéias libertárias, participou do movimento, imprimindo-lhe um conteúdo mais amplo e mais radical.

A grande rebelião popular, que aconteceu em 1833, teve origem num movimento de contestação, ocorrido dez anos antes e que havia sido sufocado com muita violência, conhecido como “rebelião do navio Palhaço”.

O descontentamento que dominava não só Belém, mas igualmente o interior do Pará, aumentou com a nomeação do novo presidente da província, Lobo de Souza. O cônego João Batista Campos, importante líder das revoltas ocorridas em 1823 e duramente reprimidas, tornou-se novamente porta-voz dos descontentes, principalmente da igreja e dos profissionais liberais.

A Guarda Municipal, pró-brasileira, era conscientizada por um de seus membros, Eduardo Angelim, que denunciava sobretudo os agentes infiltrados em toda parte.

A partir de 1834, as manifestações de rua se multiplicaram e o governo reagiu prendendo as lideranças. Batista Campos, Angelim e outros líderes refugiaram-se na fazenda de Félix Clemente Malcher, onde já se encontravam os irmãos Vinagre. Ali foi planejada a resistência armada.

Iniciava-se a Cabanagem, a mais importante revolta popular da Regência. Esse nome indicava a origem social de seus integrantes, os cabanos, moradores de casas de palha. Foi “o mais notável movimento popular do Brasil, o único em que as camadas pobres da população conseguiram ocupar o poder de toda uma província com certa estabilidade”, segundo o historiador Caio Prado Júnior.

As forças militares foram extremamente violentas, incendiando a fazenda de Malcher e prendendo-o juntamente com outros líderes. Revoltado, o povo de Belém acompanhava os acontecimentos. O destacamento militar de Abaeté se rebelou em protesto contra a perseguição feita a Eduardo Angelim. Após a morte de Batista Campos, o grupo se rearticulou em quatro frentes e atacou Belém. Com a adesão de guarnições da cidade, a vitória foi total. O presidente da província, Lobo de Souza, e o comandante das tropas portuguesas foram mortos, e os revoltosos, soltos. Malcher foi aclamado presidente da província.

Iniciava-se o primeiro governo cabano. Sem muitas lideranças, o povo escolheu Clemente Malcher, por ser um homem respeitado por todos. Porém, ele continuava com “cabeça” de fazendeiro e começou a tomar atitudes que os cabanos consideraram traição. Os desentendimentos levaram à primeira importante ruptura das lideranças: de um lado, Malcher e as elites dominantes, e, de outro, os Vinagre e Angelim, juntamente com os cabanos e boa parte da tropa. Malcher foi preso, mas, a caminho da cadeia onde ficaria por algum tempo, foi morto por um popular.

Os monstros da tirania
cortaram cabeças e alimentaram-se de sangue!
Tiveram forças para matar o corpo,
mas... com suas baionetas e torturas
não puderam matar a idéia,
porque esta é sagrada e tão grande como o mundo!
... A idéia não morre.


Eduardo Nogueira Angelim – 14 de agosto de 1881

FONTE:http://br.geocities.com/terrabrasileira/contatos/cabanagem.html

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

ABREUGRAFIA

HOJE É O DIA DA ABREUGRAFIA - 04 DE JANEIRO

Abreugrafia é um aparelho que revolucionou o diagnóstico e tratamento da tuberculose, através de um método de diagnóstico coletivo. Seu criador foi Manuel de Abreu, o primeiro no mundo a falar sobre Densitometria Pulmonar.
O exame é utilizado no rastreamento da tuberculose e doenças ocupacionais pulmonares, e difundiu-se rapidamente pelo mundo graças ao baixo custo operacional e alta eficiência técnica.


Dr. Ary Miranda, presidente do I Congresso Nacional de Tuberculose realizado em maio de 1939, propôs que fosse utilizado o nome Abreugrafia para designar o método criado por Manuel de Abreu. Anos depois, em 1958, o prefeito de São Paulo Ademar de Barros determinou que as repartições públicas da Prefeitura deveriam obrigatoriamente usar o termo Abreugrafia e instituiu o dia 4 de janeiro, dia do nascimento de Manoel de Abreu, como o Dia da Abreugrafia, imitando o gesto do então Presidente da República, Juscelino Kubitschek de Oliveira

FONTE(s):
http://inventabrasilnet.t5.com.br/abreug...
http://www.akisrx.com/htmtre/abreu_brasi...

GUERRILHA, PAZ, TERRITÓRIO NOVO E POSSE

A guerrilha colombiana das Farc completa 44 anos de existência em 2008

Extremamente influente no país, o movimento que nasceu como uma reação de um grupo de 48 camponeses à violência policial, no dia 27 de maio de 1964, em Marquetalia (sul), no planalto entre as serras de Iquira e Atá, ainda é liderado pelo mesmo homem, Manuel Marulanda Vélez, mais conhecido como "Tirofijo

É conveniente aproveitar a crise geral pela qual passa o governo e o cansaço refletido em algumas unidades militares para começar a preparar as condições voltadas para uma ofensiva geral", diz o texto, que não faz nenhuma alusão à operação humanitária montada pela Venezuela para recuperar três reféns, que tiveram a libertação prometida pelas Farc.

Blog novo na blogosfera
Colegas,

Resolvendo armar um barraco nesse agitado território da blogosfera, Aldenor Jr inalgura seu blog.

Para acessar o Página Crítica, basta clicar em www.paginacriticapara.blogspot.com.


AUDIÊNCIA PÚBLICA


A cidade de Redenção, no sudeste paraense, foi o local escolhido pela Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa presidida pela deputada Bernadete Pies para a realização, no próximo dia 8, de audiência pública na qual se deve investigar denúncia de tortura praticada por membros da Operação Paz no Campo do Governo Ana "Barbalho"

A operação mobilizou, em novembro, 350 policiais da PM, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Federal.

Os relatos de violência contra colonos são do conhecimento da ex-secretária de Segurança Pública Vera Tavares, do Ministério Público e do Tribunal de Justiça do Estado.


POSSE


A governadora Ana Júlia Carepa empossou, às 10h de ontem, no Palácio dos Despachos, a nova secretária de Estado de Educação, Iracy Gallo Ritzmann, que substitui o professor Mário Cardoso. Na ocasião, a governadora apresentou o substituto de Vera Tavares na Secretaria de Estado de Segurança Pública, o delegado Geraldo Araújo.

Iracy Gallo Ritzmann era atual Pró-Reitoria de Administração da UFPA desde 2005. Em 2001 foi expulsa do Campus de Marabá após sua nomeação como Interventora pelo Reitor Alex "te usa" de Melo.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

MARABÁ: CAOS NO TRÂNSITO, SAÚDE E EDUCAÇÃO

TRÂNSITO VIOLENTO


De acordo com levantamento feito pelo Detran/PA, atualmente Marabá possui uma frota de 35.507 veículos, ultrapassando a frota de Santarém que tradicionalmente ocupava a terceira posição entre as cinco maiores frotas paraense. Belém contabiliza 209.682 veículos licenciados e Ananindeua com a segunda maior frota registra 44.230 veículos, segundo dados fornecidos pelo DETRAN até outubro deste ano.

Se não houver uma ampla campanha educativa voltada para o trânsito essa cidade vai virar um caos total. E não se precisa falr das vias alternativas que são necessárias, prinicpalmente a duplicação da Rodovia Transamazonica do km 06 a ponte sobre o Rio Itacaíunas.

ENQUANTO OS BOIS PASTAM, AÇOUGUEIROS BRINCAM DE VENDER CARNE

Pelo menos oito boxes da Feira da Folha 28,expõem o produto de forma irregular. Em duas fiscalizações recentes, uma em outubro e outra em dezembro, aqueles açougueiros foram multados e tiveram mais de 300 quilos de carne apreendidos, mesmo assim ainda não se adequaram as normas.

Segundo o titular da Divisa, Daniel Soares, esta semana será enviado relatório situacional ao prefeito Tião "asfalto" Miranda sugerindo a interdição daqueles açougues, por se tratar de concessão de área pública.

Resta saber se a justiça vai conceder a livre comercialização de carne irregular.

EDUCAÇÃO QUANTITATIVA

A marca do governo Tião "asfalto" Miranda na arera da educação tem sido a implementação d eum modelo quantitativo e não de qualidade, a prova disso são as exigências que a Semed faz para que os professores aprovem seus alunos.

Com isso a Semed recebe os dados das escolas municipais referentes ao número de alunos aprovados, reprovados e os matriculados em 2008. Os dados serão repassados ao MEC, através do setor de estatística/Semed para que o município continue a receber as verbas do Fundeb e do setor de alimentação escolar.

As estatísticas finais das escolas em 2007 vão revelar como está processo de ensino em Marabá. Os dados bimestrais das escolas fazem uma prévia sobre a aprovação e evasão. Mas os resultados exatos só poderão ser conhecidos quando cada escola apresentar a sua estatística final.

E a qualidade do ensino?
Como tem melhorado a educação em Marabá?

Nos cálculos sobram dinheiro para pagar 15° salário e com isso amenizar a relação estremecida com os profesores depois de uma longa greve em maio do ano passado.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

GOVERNO DO PT/PMDB INICIA 2008 COM TROCA-TROCA DE SECRETÁRIOS

VÁRIAS MUDANÇAS ACONTECEM JÁ NESTE INÍCIO DE 2008 COM NOVOS NOMES NO GOVERNO DE ANA "BARBALHO"

SEGUP

A segurança pública deverá ficar sob o comando de dois ex-superintendentes da Polícia Federal. O delegado Geraldo Araújo, que assume a secretaria estadual nos próximos dias, convidou o delegado José Sales para ocupar o cargo de secretário-adjunto, inexistente hoje na estrutura da Segup, mas que será criado por projeto de lei que o governo encaminhará à Assembléia Legislativa. Araújo e Sales SE REVEZAM NO PODER DA pf DO pARÁ DESDE O GOVERNO FHC.

JUSTIFICATIVA

O convite de Araújo a Sales reforça estratégia anunciada pela governadora Ana Júlia. Nas entrevistas de final de ano, sempre que provocada a comentar os desafios da segurança pública, ela enfatizou a necessidade de combate agressivo ao narcotráfico, uma das razões da alta criminalidade no Pará, transformado em importante rota da cocaína internacional. Para tanto, a governadora, que contará com a experiência de dois especialistas na luta contra o crime organizado, propõe estreita colaboração com a PF.

PSB DE ADEMIR ANDRADE ENFRAQUECIDO EM 2008

O governo não vai ceder à pressão do ex-senador Ademir Andrade (PSB), formalizada em carta à governadora, para remover do cargo a secretária de Administração, Maria Aparecida Cavalcante. Pelo contrário, o ex-senador perderá novos postos de comando na secretaria, que sofrerá mudanças da secretaria-adjunta para baixo, como estratégica de pacificação a conflito de grupos do PSB dentro da Sead. “O Ademir terá de acatar ou liberar os cargos que remanescerem”, garante fonte muito próxima a Ana Júlia.

Secretários-candidatos


Se ocorrerem novas mexidas no primeiro escalão, além das processadas e a processar na Segup, Seduc, Sespa e Sead, elas estarão condicionadas à aspiração dos secretários em participar da corrida sucessória em Belém. Nessa condição estão hoje as secretarias de Urbanismo, Transportes e Cultura. A que mais inspira atenção do governo é a Sedurb, responsável por obras urbanas que receberão R$ 800 milhões do PAC. “A governadora tem pressa nas definições porque está preocupada em governar”, diz a fonte palaciana.

SETRAN
Funcionário de carreira da Ceplac e ex-delegado federal do Ministério da Agricultura no Pará, Moisés Moreira Santos será o novo secretário-adjunto de Transportes, ele vem para dá uma mãozinha na gestão Ganzer.

ARCON DO PR (MESMO PARTIDO DO SANGUESSUGA RAIMUNDO SANTOS)

Saiu a nomeação de Miguel Fortunato dos Santos Júnior, do PR do deputado Lúcio Valee do vereador Maurino Magalhães, para a Arcon. Interino, ele será titular após sabatina na Assembléia Legislativa


SESPA


Com a exoneração de Paulo de Tarso Ribeiro de Oliveira do cargo de secretário-adjunto da Secretaria de Saúde e a nomeação, para o mesmo posto, de Walter Wanderley Amoras, ex-diretor de Controle de Endemias da Sespa. Da cota pessoal da governadora, em cargo-chave a ser definido, a secretaria terá ainda a nomeação de Sílvia Camuru, técnica do Ministério da Saúde que vinha coordenando a Câmara Técnica de Políticas Sociais do governo.


Com tantas mudanças espera-se que o governo comece a trabalhar, por qeu até agora só se tucanizou!!!

terça-feira, 1 de janeiro de 2008

DESÁFIOS PARA 2008

Como desafecho da série especial sobre Carajás - que engloba o Sudeste do Pará, o Oeste do Maranhão e o Norte de Tocantins -, Repórter Brasil apresenta um painel com os sete principais desafios para o futuro da região, de autoria do repórter Maurício Hashizume.

Veja trechos da quarta e última reportagem da série:

Os Desafios Redução da desigualdade social

A distribuição irregular de rendas e oportunidades é causa onipresente no exame dos problemas da região. O cenário tradicional de pobreza rural pode ser aferido pelas estatísticas das vítimas de trabalho escravo. Da lista dos 20 municípios de origem dos trabalhadores libertados, 10 são de Carajás.



Para completar o quadro, viceja o inchaço das cidades. As populações de alguns municípios dobraram nos últimos anos. Em Açailândia (MA), 72,6% da população de cerca de 100 mil habitantes vive na cidade. No Maranhão, este mesmo índice é de 59,53%. Segundo dados de 2003 do Ministério da Saúde, a taxa de mortalidade infantil em Açailândia supera a casa dos 30 óbitos a cada mil crianças nascidas vidas. As médias do Maranhão estão mais próximas dos 20 mortes a cada mil nascimentos.







A isenção de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre as exportações (Lei Kandir) e o volume de royalties da exploração mineral também ajudam a entender a disparidade. A atual alíquota da Contribuição Financeira pela Exploração Mineral (CFEM) retém 2% sobre o faturamento líquido da extração de ferro. Há uma proposta da Secretaria da Fazenda do Pará (Sefaz) que propõe um aumento para 4%. O presidente da Associação dos Municípios Mineradores do Pará (Ammepa) e prefeito de Marabá, Sebastião Miranda (PTB), já observou em eventos públicos que os royalties do petróleo variam de 5% a 10% do faturamento bruto e que, se os 2% do CFEM incidissem sobre a receita bruta do ferro, a arrecadação dos municípios triplicaria.






No último dia 2 de novembro, o Congresso norte-americano aprovou uma nova lei de mineração que estabelece uma cobrança de 4% de royalties para a exploração de minas já existentes e eleva para 8% o percentual de extração de futuras minas em terras públicas. A lógica que permeou a decisão dos representantes dos EUA foi a de que o usufruto das áreas do Estado precisa beneficiar o conjunto da sociedade.






A contribuição do Estado para a consolidação da disparidade econômica, política e social não se restringe ao campo tributário. A concentração fundiária e de renda - que desaloja os camponeses e favorece a concentração urbana - é permeada por uma combinação entre as principais cadeias produtivas e o financiamento do Estado. As novas siderúrgicas que estão sendo instaladas em Marabá (PA) são exemplos disso: uma delas (a Da Terra Siderúrgica Ltda.) pertence a um grande grupo pecuário e a Marabá Gusa Siderúrgica Ltda. (Maragusa) é de uma rede de lojas de varejo de móveis e eletrodomésticos.






"Fizemos um diagnóstico e o enquadramento [das ilegalidades, que implicou, por exemplo, na multa de mais de R$ 500 milhões às siderúrgicas do Pólo Carajás por causa do déficit entre demanda e consumo declarado de carvão vegetal]. Nunca estivemos naquela região como agora, mas o ordenamento do conjunto da produção ainda não foi feito", confirma Antônio Carlos Hummel, diretor de Uso Sustentável da Biodiversidade e Floresta do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Qualificação dos assentamentos

O diretor do Serviço Florestal Brasileiro (SFB), Tasso Azevedo, relatou à Repórter Brasil que o governo federal suspendeu o cronograma inicial do Distrito Florestal Sustentável (DFS) de Carajás - que deve mudar de nome para DFS do Araguaia Tocantins - e dará prioridade a investimentos voltados aos assentamentos. "Não podemos dar início porque não queremos passar por cima de ninguém", explica o dirigente. Os 478 assentamentos instalados na região ocupam uma área de três milhões de hectares.






A mudança vai ao encontro dos apelos do Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco (MIQCB), que pede a qualificação dos créditos oferecidos pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), uma assistência técnica mais eficiente e a instalação de escolas agrícolas voltadas para a produção diversificada de alimentos. "Muita gente que trabalha com babaçu está endividada", conta de Maria Querubina da Silva, do MIQCB. Ela condena o retalhamento da estrutura e das ações do Estado nos projetos de reforma agrária. "É preciso dar uma atenção especial aos jovens", indica a moradora do assentamento Vila Conceição, em Imperatriz (MA).





DESÁFIOS PARA 2008


Os outros desafios: Valorização da floresta
Reflorestamento com espécies nativas
Alternativas a grandes obras
Investimento para qualificar produção
Combate à grilagem de terras